Breve Histórico

A Defesa Civil de Niterói iniciou suas atividades na década de 1980, atuando então como COMDEC – Coordenação Municipal de Defesa Civil. Nessa época contava com pouco mais de uma dezena de funcionários, os quais se dedicavam principalmente a cortes de árvores, inspeção de marquises e verificação de infiltrações e rachaduras em imóveis diversos.

A partir da década de 1990, com o aprimoramento da legislação pertinente, passou a contar com uma equipe mais técnica, composta por engenheiros e arquitetos, a qual passou a atuar no levantamento de áreas de risco, inclusive elaborando projetos de contenção de taludes e escoramento de rochas.

Até então o órgão de Defesa Civil não era muito conhecido pelo público em geral, já que suas ações visavam mais o apoio aos órgãos municipais e suas atividades eram voltadas ao atendimento de problemas reportados pelas associações de comunidades carentes.

Na década de 2000, com o adensamento da cidade, principalmente da Região Oceânica, além da ocupação de áreas de risco, o órgão passou a ser mais acionado diretamente pelos munícipes. O número de ocorrências teve um aumento significativo, principalmente em épocas de fortes chuvas.

Assim, a atualização do perfil técnico da Defesa Civil foi fundamental frente às novas necessidades. Foram feitos investimentos na área de informática, aprimoramento de pessoal e equipamentos. Os Pareceres emitidos, agora traziam fotografias, relatórios ainda mais técnicos e eram aceitos por outros órgãos de importância como CREA e Ministério Público.

Os Autos de Interdição passaram a ser enviados às Delegacias locais, à Defesa Civil Estadual e demais órgãos de interesse. Nesse ponto a Defesa Civil Municipal passou a ter um perfil mais “acionador”, pois através de estudo mais minucioso dos problemas e do aprimoramento dos Comunicados e Relatórios emitidos, começou a acionar os setores responsáveis por saneamento, meio ambiente, obras e serviços públicos em geral.

Contudo, só na década de 2010 o órgão passou a ter sua importância consolidada e reconhecida pela sociedade e entidades governamentais. Isso devido às chuvas torrenciais no início de abril de 2010, quando foram registradas mais de 6.000 ocorrências no município de Niterói, dentre as quais o grave sinistro ocorrido do morro do Bumba, nacionalmente divulgado. A partir daí a Defesa Civil de Niterói passou a ter papel fundamental no apoio e acionamento dos setores de Urbanismo, Habitação, Ação Social, Meio Ambiente e Ministério Público.

Atualmente contamos com uma equipe multiprofissional, composta por engenheiros, arquitetos, geólogos, geógrafos, meteorologistas, advogados e pessoal de TI. Desenvolvemos projetos de prevenção, implantamos Núcleos de Defesa Civil nas comunidades e elaboramos programas de melhoramento das condições em áreas de risco. Promovemos a integração com as Administrações Regionais, programas de voluntários, além de outras ações descritas nesse site.


Links Úteis

 

e sic2